Menu
24
MAI 2022
"Festival Polyphony in Portugal – Concerto Estremoz"
Igreja de Santa Maria, Estremoz
17:00
Informações

Mais informações em Polyphony in Portugal 

 

Programa

Music for the Virgin Mary
António Carreira               Stabat mater
Francisco Garro                Missa O quam pulchra es
Pedro de Cristo                Ave Maria a 8
João Lourenço Rebelo      Dixit Dominus
Anónimo                           Magnificat
João Lourenço Rebelo      Laudate pueri
Anónimo                           Ave maris stella
Duarte Lobo                     Ave Regina Caelorum a 8
Duarte Lobo                     Salve Regina a 11
23
MAI 2022
"Festival Polyphony in Portugal – Concerto Vila Viçosa"
Igreja das Chagas, Vila Viçosa
11:15
Informações

Mais informações em Polyphony in Portugal 

 

Programa:

 

Manuel Cardoso
Lamentationes 1:6–7 (Vau. et egressus est)
In monte Oliveti
Tristis est anima mea
Introitus
Kyrie
Graduale
Offertorium
Sanctus & Benedictus
Agnus Dei
Communio
Tua est potentia
Domine tu mihi lavas pedes
Amen dico vobis
Cum audisst Joannes
Ipse est Omnis vallis
Quid hic statis
Magnificat
Sitivit anima mea
23
MAI 2022
"Festival Polyphony in Portugal – Concerto Elvas"
Igreja de São Francisco, Elvas
18:00
Informações

Mais informações em Polyphony in Portugal 

 

Programa:

 

Manuel Cardoso
Lamentationes 1:6–7 (Vau. et egressus est)
In monte Oliveti
Tristis est anima mea
Introitus
Kyrie
Graduale
Offertorium
Sanctus & Benedictus
Agnus Dei
Communio
Tua est potentia
Domine tu mihi lavas pedes
Amen dico vobis
Cum audisst Joannes
Ipse est Omnis vallis
Quid hic statis
Magnificat
Sitivit anima mea
22
MAI 2022
"Festival Polyphony in Portugal – Concerto Redondo"
Convento de São Paulo, Redondo
18:30
Informações

Mais informações em Polyphony in Portugal 

 

Programa:

 

Manuel Cardoso
Lamentationes 1:6–7 (Vau. et egressus est)
In monte Oliveti
Tristis est anima mea
Introitus
Kyrie
Graduale
Offertorium
Sanctus & Benedictus
Agnus Dei
Communio
Tua est potentia
Domine tu mihi lavas pedes
Amen dico vobis
Cum audisst Joannes
Ipse est Omnis vallis
Quid hic statis
Magnificat
Sitivit anima mea
14
MAI 2022
"Festival Terras sem Sombra / Festival do Alentejo"
Igreja Matriz de São Cucufate, Vila de Frades
21:30
Informações
Para mais informações em: terras sem sombra
Programa:
Stabat Mater​​​
António Carreira (mc1597)
Missa O quam pulchra es​​
Francisco Garro (mc1623)
​Kyrie
​Gloria
​Credo
​Sanctus & Benedictus
​Agnus Dei
Ave Maria a 8​​​
Pedro de Cristo (c1550-1618)
Dixit Dominus​​​
João Lourenço Rebelo (1610-1661/5)
Magnificat Octavi toni a 8​​
Pedro de Cristo
Laudate pueri​​​
João Lourenço Rebelo
Ave maris stella​​​
Pedro de Cristo
Beata Dei genitrix a 5
Ave Regina Caelorum a 8​​
Duarte Lobo (c1565-1646)
Salve Regina a 11​
_______________________
Cupertinos
Eva Braga Simões
Joana Castro
Gabriela Braga Simões
Marta Queirós
Luis Toscano
André Lacerda
Pedro Silva
Nuno Mendes
04
JUN 2022
"Concerto – Alemanha"
Schottenkirche St. Jakob, Jakobstraße 3
22:45
Informações

Mais informações em: https://www.tagealtermusik-regensburg.de/index.php?page=konzerte&k=7

 

Promagrama: Manuel Cardoso (1566-1650) – “Sitivit anima mea”
Missa “Dominicarum Adventus et Quadragesimae” e motetos

 

O monge carmelita Manuel Cardoso (1566–1650) é um dos principais expoentes da Idade de Ouro da música portuguesa no final do século XVI e início do século XVII. Ele soube combinar elementos de estilo antigo e novo em suas obras para criar um estilo muito pessoal e expressivo. Ele criou uma música sublime cheia de beleza, que muitas vezes remete ao grande modelo de Cardoso, Palestrina, mas também nos permite olhar para o futuro com ousadia e criatividade.
Não se sabe muito sobre sua vida. Em 1588 entrou para o mosteiro carmelita de Lisboa e serviu à sua ordem como organista e músico de igreja durante mais de 60 anos. Muitos dos manuscritos de Cardoso foram irremediavelmente destruídos no grande terremoto de Lisboa em 1755. O mosteiro em que viveu e onde se situava a sua sepultura também foi vítima desta catástrofe do século. Portanto, além das partituras tradicionais, não há mais vestígios tangíveis desta vida.
O excelente conjunto vocal português Cupertinos e o seu fundador e realizador Luís Toscanodesenha neste concerto um retrato musical deste mais importante compositor do Renascimento em Portugal. Para além da sua Missa “Dominicarum et Quadragesimae”, existem motetos de três colecções que foram publicadas em Lisboa entre 1613 e 1648.

 

Direcção Musical   

Luís Toscano

Cantus

Eva Braga Simões

Joana Castro

Raquel Mendes

Altus

Gabriela Braga Simões

Maria Bustorff

Tenor

Luís Toscano

André Lacerda

Bassus

Pedro Silva

Nuno Mendes

Pedro Lopes